Se está a pensar construir casa, conheça algumas dicas para ultrapassar questões orçamentais e burocráticas, de mão-de-obra, de materiais e de crédito.

Encontrar a casa dos seus sonhos pode não ser tarefa fácil. Sendo que por vezes construir do zero pode ser a opção. Assim, terá a certeza de que tem a casa que idealizou.

Embora possa pareça que construir uma casa tem um custo muito elevado, a verdade é que até pode ficar mais acessível do que uma habitação nova e, pelo menos, está completamente personalizável ao seu gosto.

Assim, descubra algumas dicas que o podem ajudar neste processo.

Orçamento e burocracias necessárias

Estabelecer um orçamento é essencial para tanto para quando quer comprar casa como para quando quer construir de raiz. É necessário perceber qual o orçamento que tem disponível para a construção da sua casa e definir prioridades, tendo em conta todos os cenários possíveis para evitar ao máximo derrapagens financeiras ou a escolha de materiais mais fracos.

Depois, assim que tiver o terreno, será a Câmara Municipal que avaliará a viabilidade de construção, uma vez que qualquer terreno no qual a construção de uma casa seja permitida tem de estar classificado como tal no Plano Diretor Municipal.

Por isso, terá de entregar o seu projeto à autarquia, esta fará a avaliação e concederá a respetiva licença de construção.

Escolher a empresa de construção civil é uma decisão muito importante, pelo que não se deve precipitar. Não se esqueça que o resultado final daquilo que idealizou para a sua nova casa vai depender destes profissionais.

O mais indicado é contratar um empreiteiro que faça toda a gestão da obra e um gabinete de arquitetura que faça a assessoria técnica ao projeto. Por isso, faça uma pesquisa e aconselhe-se com especialistas do mercado.

Escolha dos materiais

A escolha dos materiais de construção é muito importante para gerir o orçamento e evitar problemas futuros, após a conclusão do projeto.

Apesar de poder poupar em alguns aspetos, no que toca a materiais, a diminuição do custo não pode levar à perda de qualidade. Assim, esta escolha depende de diversos fatores, como reputação das marcas fornecedoras ou a durabilidade dos materiais. Trate de pesquisar muito bem o que existe no mercado e estabeleça valores realistas, de forma a conseguir um bom equilíbrio entre qualidade e preço.

Crédito para construção

Se tiver de recorrer a financiamento para construir casa, saiba que o crédito para construção é um crédito habitação, mas com características diferentes do crédito tradicional para aquisição.

Depois de aprovado, o crédito é disponibilizado por tranches à medida que a obra for avançando. Durante o processo, haverá um perito que vai fazendo vistorias à obra, para que o banco possa ir libertando as parcelas do financiamento.

Mas tal como acontece no crédito habitação, nos empréstimos para construção também não existe nenhuma entidade que financie a 100%. Alguns bancos vão emprestar no máximo 90% da avaliação do terreno e do projeto. Mas se pedir um crédito para aquisição de terreno e um crédito para construção, pode conseguir, por exemplo, 80% para o terreno e chegar aos 100% no da construção.

Saiba também que o crédito para construção estabelece um prazo para que a obra se inicie. Na generalidade dos casos, esse prazo é de 24 meses, embora alguns bancos estendam esse prazo até aos 36 meses. Este prazo está incluído no prazo total de pagamento e na sua duração só pagará juros, o que significa que só a partir daí amortizará juros.

Deixe um comentário